domingo, 19 de agosto de 2012

DEUS QUER A SUA SINCERIDADE


"E se tu andares perante mim como andou Davi, teu pai, com inteireza de coração e com sinceridade, para fazeres segundo tudo o que te mandei, e guardares os meus estatutos e os meus juízos,"  (I Reis 9 : 4)
"E bem sei eu, Deus meu, que tu provas os corações, e que da sinceridade te agradas; eu também na sinceridade de meu coração voluntariamente dei todas estas coisas; e agora vi com alegria que o teu povo, que se acha aqui, voluntariamente te deu."  (I Crônicas 29 : 17)
Deus ama a sinceridade, pois o seu coração é sincero, Davi foi um homem segundo o coração de Deus porque ele tinha um coração sincero.
"E, quando este foi retirado, levantou-lhes como rei a Davi, ao qual também deu testemunho, e disse: Achei a Davi, filho de Jessé, homem conforme o meu coração, que executará toda a minha vontade."  (Atos 13 : 22)
A sinceridade para Deus é o ato de assumir a culpa dos próprios atos pecaminosos e nunca culpar a Deus que é perfeito e inculpável, também quem é sincero fala com Deus tudo que está em seu coração, não deixando nada encoberto, apesar do Senhor conhecer nossos pensamentos e a intenção de nosso coração, Ele quer que da nossa boca falemos tudo que esta em nosso coração, por que assim Ele agirá em nossa vida.
O cristão sincero cumpre toda a vontade de Deus.
Por outro lado, satanás não mede esforços para atrapalhar nossa sinceridade com Deus.
Satanás é o nosso adversário e não de Deus, pois Deus não tem adversário, ninguém é a altura para ser adversário do Senhor, muito menos o diabo que o conhece mais do que nós e sabe o poder que o Senhor tem.
Jó foi um homem de nunca perdeu sua sinceridade com o Senhor, satanás fez de tudo para que ele perdesse a sinceridade, usou até sua esposa para tal, porém Jó não cedeu.
Uma pessoa é sincera com Deus, quando ama a Deus a cima de tudo, que por mais coisas que aconteça em sua vida, jamais deixaria sua sinceridade.
"E disse o SENHOR a Satanás: Observaste o meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus e que se desvia do mal, e que ainda retém a sua sinceridade, havendo-me tu incitado contra ele, para o consumir sem causa."  (Jó 2 : 3)
Apesar de Jó ter sofrido todas as perdas durante a tentação de satanás, ele ainda tinha a sua sinceridade para com Deus, e Deus fez questão de dizer isso a satanás e deixar registrado para nós o quanto a sinceridade é importante para Ele: “...e que ainda retém a sua sinceridade,...”  
"Então sua mulher lhe disse: Ainda reténs a tua sinceridade? Amaldiçoa a Deus, e morre."  (Jó 2 : 9)
Como satanás não conseguiu fazer Jó perder sua sinceridade para com Deus, resolver usar sua esposa para incitar Jó a deixar a sinceridade.
Porém após toda tribulação sofrida por Jó, ele continuou sendo sincero com o Senhor até o fim e Deus o honrou no final.
Conosco é a mesma coisa, aconteça o que acontecer, nunca devemos aceitar as ciladas do diabo que quer nos afastar do Senhor e assim perdermos a sinceridade.
Sejamos sinceros em tudo com Deus, pois:
"O SENHOR conhece os pensamentos do homem, que são vaidade."  (Salmos 94 : 11)

Flávio Franklin.

Um comentário:

Anônimo disse...

muito boa Deus abençoe