sábado, 23 de agosto de 2008

OS TRÊS TIPOS DE TENTAÇÃO

Quando Jesus foi tentado por satanás no deserto, notamos que Ele não foi por si nem tão pouco o diabo o levou, foi o Espírito Santo que o conduziu para ser tentado. "ENTÃO foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo." (Mateus 4 : 1), isto ocorreu por dois motivos, o primeiro é que o Senhor aqui na terra teria que passar por todas as tentações que um homem poderia passar, devido a justiça de Deus e cumprimento das escrituras, o segundo motivo foi para deixar registrado nas escrituras a maneira que satanás tenta o homem.

De acordo com a tentação que o Senhor Jesus passou no deserto, notamos que satanás usa três tipos de tentações para seduzir e enganar o homem em seu caminho na fé. Satanás não tenta a pessoa que não se converteu aos caminhos do Senhor, pois este já está nele porque anda no pecado. "Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo." (I João 3 : 8).

Os três tipos de tentação que o diabo usa contra os filhos de Deus são: a tentação na carne, a tentação no espírito e a tentação no mundo. Todos nós somos tentados destas três formas, vamos estudar a primeira delas, a tentação na carne.

“E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome; E, chegando-se a ele o tentador, disse: Se tu és o Filho de Deus, manda que estas pedras se tornem em pães.” ( Mateus 4 : 2,3).

Nesta passagem há muita revelação de Deus para nós, pois ela representa toda tentação na carne que satanás usa contra nós.

A carne de Jesus após quarenta dias e quarenta noite em jejum sentiu fome, e o diabo o tentou para que Ele não fizesse a vontade de Deus, que era de passar por tudo que o homem passa e nos mostrar como age o inimigo nas tentações. Toda tentação não vem de Deus, vem do diabo e o objetivo é nos tirar da vontade de Deus, de Seu caminho ou seja de Sua Palavra. "Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta." (Tiago 1 : 13)

Já pensou se Jesus aceitasse esta tentação, que para Ele não era difícil de cumprir, e transformasse as pedras em pães e saciasse Sua fome, estaria fazendo a vontade de sua carne e em conseqüência a de satanás e estaria longe da vontade de Deus, e nós estaríamos perdidos para sempre, más glória Deus que Jesus é o Leão da tribo de Judá que não volta atrás.

“Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.” (Gálatas 5 : 19,20,21)

Nestes versículos de Gálatas, notamos que as obras da carne são numerosas ao ponto do Apostolo Paulo citar ainda “coisas semelhantes a estas” e os que cometem as obras da carne não irão para o céu. Meus amigos com tanta obra da carne que existe, e se um cristão realizar uma obra destas não herdará o reino de Deus, então satanás tem um vasto campo onde pode atuar utilizando a tentação na carne de um cristão, e também a carne luta contra o Espírito Santo, como está escrito: "Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis." (Gálatas 5 : 17)

Porém há uma solução para não cairmos em tentação da nossa carne:

“E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito.” (Gálatas 5 : 24,25)

Irmãos não se deixe enganar, se alguma obra da carne está se manifestando em sua vida, você não está sendo tentado pelo diabo, você já foi tentado e está em pecado caminhando para o abismo.

"Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência."

"Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte." (Tiago 1 : 14,15)

Jesus foi tentado na sua carne pelo diabo no deserto, porém Ele venceu pois além de recusar a oferta do tentador deu-lhe a resposta, assim Ele não aceitou a tentação e por conseqüência não pecou:

"Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus." (Mateus 4 : 4)

Jesus usou a passagem escrita em Deuteronômio 8 : 3 que diz:

“E te humilhou, e te deixou ter fome, e te sustentou com o maná, que tu não conheceste, nem teus pais o conheceram; para te dar a entender que o homem não viverá só de pão, mas de tudo o que sai da boca do SENHOR viverá o homem.” (Deuteronômio 8 : 3)

O DIABO NÃO TEM MEDO DO CRISTÃO, ELE TEM MEDO E FOGE DA PALAVRA DE DEUS”

Vamos estudar agora a segunda tentação, a do espírito.

“Então o diabo o transportou à cidade santa, e colocou-o sobre o pináculo do templo, E disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te de aqui abaixo; porque está escrito: Que aos seus anjos dará ordens a teu respeito, E tomar-te-ão nas mãos, Para que nunca tropeces em alguma pedra.” (Mateus 4 : 5,6)

Notamos que nesta tentação espiritual, o diabo transportou Jesus até a cidade santa, na tentação da carne o diabo chegou-se a Jesus para tenta-lo, através desta diferença Deus quer nos mostrar que a carne está em nós, somos tentados em nós mesmos, enquanto que quando satanás nos tenta na parte espiritual ele nos transporta para a religião, onde o tentador usa a Palavra de Deus para confundir a mente do cristão, notamos que Jesus foi transportado até a cidade santa, que prefigura a religião, e o diabo o colocou no lugar mais alto do templo, ou seja colocou Jesus no patamar mais alto da religião, ali o diabo o tentou. Também notamos que esta tentação é a única das três que o diabo usa a própria Palavra de Deus contra Jesus.

Esta tentação eu considero a mais sutil e perigosa de satanás, pois como ele conhece muito bem a Palavra de Deus, ele tenta nos desviar da vontade do Senhor de Seus caminhos de Sua Palavra e nos transportar a uma religião, e o crente uma vez estando na religião principalmente em um lugar de destaque ele acha, e é convencido pelo diabo que ele pode fazer tudo, pois ele tem um lugar de destaque entre os irmãos, só que Deus não está presente na religião e nem tem nenhum compromisso com quem quer que seja, o Senhor Deus só tem compromisso com a Sua Palavra, porque Jesus não veio ao mundo fundar ou mostrar a vontade do Pai através de religiões e sim veio nos mostrar o caminho do Senhor, através de Sua Palavra.

Quando um cristão encontra-se em um lugar de destaque (pináculo do templo), as coisas que acontecem em sua vida leva-o a pensar que provém de Deus, pois ele é líder espiritual, e sendo assim não admite que satanás achou uma brecha em sua vida, cuidado para não se ensoberbecer, veja o que diz em Mateus 7 : 21,22,23:

“Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.

Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?

E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.” (Mateus 7: 21,22,23)

"Porque eu desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou." (João 6 : 38).

"Porquanto a vontade daquele que me enviou é esta: Que todo aquele que vê o Filho, e crê nele, tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia." (João 6 : 40).

Satanás nesta tentação usou o salmo 91 para tirar Jesus do propósito de Deus, “Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos. Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces com o teu pé em pedra.” (Salmo 91 : 11,12).

Porém Jesus nos mostra como agir na hora que vem a tentação do diabo, Ele não aceitou a proposta do tentador e deu-lhe a resposta mais uma vez citando as escrituras sagradas.

"Disse-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus." (Mateus 4 : 7)

Jesus citou as escrituras em Deuteronômio 6 : 16 "Não tentareis o SENHOR vosso Deus, como o tentastes em Massá;"

Agora vamos para a terceira e última forma que satanás nos tenta.

“Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles.

E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares.” (Mateus 4 : 8,9)

Nesta tentação, assim como na anterior, o diabo transportou Jesus em um lugar alto e ofereceu-lhe o que o mundo tem de melhor.

Assim somos também tentados com as riquezas e coisas do mundo, satanás nos transporta em nossa mente a um lugar alto, pois o coração do homem está sempre querendo coisas altas, grandes e nos mostra algo que tem no mundo, e que sanaria nossos problemas aparentemente, ou que fosse melhor do que você tem, se você aceitar já estará prostrado e adorando ao diabo.

Para ilustrar darei o seguinte exemplo:

Um cristão que encontra-se desempregado algum tempo, ora, suplica, faz companha na igreja pedindo a Deus que abra as portas de um emprego, aí finalmente suas orações são ouvidas pelo Senhor e um emprego aparece em sua vida, só que na sua função o salário não é tão alto assim como ele desejava, e satanás sabe disto, pois tudo que sai da boca do homem o diabo ouve e logo começa a tramar um plano para este cristão perder a benção de Deus, ele transporta então esta pessoa em sua mente há almejar algo maior, e as vezes usa até pessoas, colegas e até parentes para lhe dizer que você merece coisa melhor, você é inteligente, tem capacidade para trabalhar em algo que pague mais. Então um outro emprego aparece para você, com salário maior, você vai trabalhar em uma sala melhor, com ar-condicionado, computador.

Os olhos deste cristão cresce, e ele nem pensa em orar a Deus para saber se provém Dele, pois só pode ser de Deus porque é bom para ele.

Então ele pede demissão, Deus faz de tudo para ele não tomar esta atitude, usa as vezes até o patrão que o elogia e diz para ele não fazer tal coisa. Porém este cristão que caiu na cilada do diabo, não pensa em outra coisa a não ser trabalhar em um lugar confortável e ganhando melhor. Sem saber o que há por trás de tudo ele vai embora para outro emprego, chegando lá começa a trabalhar, más ao passar alguns dias esta firma abre falência ou o patrão lhe diz que não precisa mais de seu emprego.

Não se deixe enganar, você quer saber o que Deus pensa ou como ele age, então leia a Palavra de Deus.

Pois o diabo usa o mundo para nos enlaçar em suas armadilhas, pois o mundo está nele, e ele lança a tentação e fica ao redor esperando você cair em sua armadilha.

"Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno." (I João 5 : 19)

"Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar;" (I Pedro 5 : 8)

Jesus mais uma vez deu a resposta para o tentador, proferindo a Palavra de Deus.

"Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás." (Mateus 4 : 10)

Deus trabalha diferente, pois ele é justiça, se você quer um emprego, por exemplo, e você em oração pediu a ele, o emprego que aparecer pegue, pois Deus vai fazer você subir lá dentro, para que Seu Nome seja glorificado, e para servir de testemunho, pois o cristão começando de baixo e subindo em sua empresa todos vão querer saber como isto acontece, aí é a hora que Deus age e mostra para todo mundo que ele é quem faz o cristão ser abençoado onde quer que seja, como ele fez com José no Egito, leia Gênesis cap 37 ao 45, e saberás como Deus trabalha na vida de um cristão.

Irmão se você sentir a tentação chegar repreenda em nome de Jesus, fale para o diabo que você é de Jesus e não aceita suas tentações, fique firme na Palavra de Deus e resista, o diabo com certeza vai fugir de você.

"Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós." (Tiago 4 : 7)

Que esta revelação de Deus possa nos acrescentar mais do crescimento espiritual, e que o Senhor não permita que caiamos em tentações.


Um pregador disse uma vez: Um pássaro pode até voar sobre sua cabeça, você não tem culpa, porém se ele pousar em sua cabeça e fizer um ninho a culpa é sua, ou seja a tentação vem e nós não somos culpados por isso, porém se aceitar-mos a tentação dela vai gerar o pecado, e se nós pecarmos então somos culpados pelo pecado cometido.


4 comentários:

marcelo disse...

maravilha pastor,exenlente comentario...certamente nao me esquecerei disto...Deus continue te abençoando com sabedoria.

Cissa Souza disse...

Que Deus te abençoe! Gloria a DEUS!

Manoel Maia disse...

Ótimo.

Anônimo disse...

Seja abençoado sempre. Excelentes esclarecimentos.