domingo, 4 de janeiro de 2009

O ERRO DE UZÁ

Em I Crônicas 13 e II Samuel 6 temos uma passagem interessante que o Senhor nos adverte para não cometermos o mesmo erro que Uzá cometeu ao tentar segurar a arca da aliança quando a mesma estava pendendo.
I CRÔNICAS 13
8 E Davi e todo o Israel, alegraram-se perante Deus com todas as suas forças; com cânticos, e com harpas, e com saltérios, e com tamborins, e com címbalos, e com trombetas.
9 E, chegando à eira de Quidom, estendeu Uzá a sua mão, para segurar a arca, porque os bois tropeçavam.
10 Então se acendeu a ira do SENHOR contra Uzá, e o feriu, por ter estendido a sua mão à arca; e morreu ali perante Deus.
Hoje em dia nas igrejas infelizmente existem muitos cristãos que sem se darem conta agem como agiu Uzá.
No versículo 8 notamos que todos estavam alegres diante do Senhor, só que ao chegarem na eira de Quidom ou Nacom, Uzá ao perceber que a arca do Senhor estava pendendo porque os bois que puxavam o carro da arca tropeçaram colocou sua mão para segura-la. Esta atitude parece aos nossos olhos até louvável, porem para Deus esta atitude foi insensata, mas também ela é resultado de um sentimento contrário a Palavra de Deus que já estava enraizado no coração de Uzá.
No versículo 9 desta passagem Davi e todo Israel chegaram a eira.
Eira é um terreno onde se coloca o cereal, geralmente trigo, para ser limpo, tirar as impurezas que na colheita sempre vem junto com os cereais.
O Senhor nos revela nesta passagem que Uzá tinha em seu coração algo que o impedia de exercer sua função de guiar o carro que estava a arca, por isso ao chegarem a eira (lugar de limpeza), o Senhor o fulminou ao tocar na arca.
Mas o que fez Uzá?
Irmãos Uzá fez o que muitos cristãos fazem ao tentarem ajudar a Deus ou a defenderem as coisas do Senhor.
O Senhor é onipotente e de maneira nenhuma precisa de nós para defender sua palavra, quando falamos da palavra do Senhor para as pessoas as vezes estas pessoas vem para cima de nós com argumentos humanos para justificarem seus pecados ou defenderem suas religiões, só que devemos falar do amor do Senhor, de Sua Palavra e não tentarmos defender Sua Palavra muito menos religiões, pois assim além de estarmos entrando em contenda com as pessoas, ainda estaremos agindo como Uzá.
Quando o Senhor levanta alguém para pregar o evangelho, quem vai fazer a obra é o Senhor, nós somos apenas usados como a boca do Senhor e não devemos de maneira nenhuma defender sua Palavra como se fosse uma bandeira da igreja (templo) ou religião, devemos sim falar a verdade e se a pessoa começar a contender, então devemos nos calar e sair, pois assim agiremos prudentemente.
Aquele que sai em contenda defendendo as coisas de Deus como se o Senhor não pudesse faze-lo, Deus o tira da obra, foi o que aconteceu com Uzá.
Notamos que o Senhor feriu Uzá quando este chegou em uma eira, figurando que o Senhor o ferindo de morte, estava limpando o povo que precisa ser purificado para andar de acordo com Sua vontade.
Irmãos deixem o Senhor através de Sua maravilhosa palavra leva-los para onde Ele deseja, porém nunca tentem ajudar ou defender sua obra, não deixem este morador do inferno morar em sua mente induzindo você a defender a Palavra de Deus, pois tal atitude além de menosprezar a onipotência do Senhor, ainda afasta da Palavra de Deus aqueles que tem sede e fome do Senhor.
O povo de Israel precisava ser limpo na eira, e a impureza estava no coração de Uzá, por isso ele foi excluído da obra Divina.
Com amor em Cristo,
Flávio Franklin.

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá tudo bem?

Quanta bobagem em um só post
1- leia os textos no original, Deus irou-se em Uzá e não contra Uzá;
2- Uzá convivia com a Arca em sua casa a muito tempo, portanto sabia de toda a reverencia que tinha que ter em relação a Arca:
3- Uzá sabendo de todas as exigências que tinha que ser observado em relação a Arca, deu sua vida em favor de muitos, imagina se a Arca estivesse caído no chão, note que a atitude de Uzá remete a atitude de alguém que sem erro nenhum deu sua vida em favor de muitos;
4- Deus sabia da intenção de Uzá, pois ele conhece mente e coração.

portanto pesquise bem as coisas antes de sair postando por ai sua opinião, poste a verdade absoluta.

Anônimo disse...

A paz do senhor amigo anônimo...
Creio ki vc não tem prestado muita a atenção no ki vc tem lido meu caro, por um acaso vc pulou a parte em ki o texto diz ki Deus fulminou uzá pela sua irreverência? Vc colocou Deus aí como errado e uzá como certo rsrs com coração bem intencionado e Deus como um sem paciência rsrs! Se Deus fosse isso aí ki vc está supondo este msm Deus teria tirado a vida de Moisés quando ao em vez de Moisés tocar na rocha ele veio a ferir a rochà... agora eu figo pra vc meu amigo anônimo: leia o texto todo antes de expor sua opinião e fazer críticas nas pastagens dos outros e ki por sinal o varão leu e colocou muito bem o contexto... a paz